Economia de energia: 6 dicas para um consumo consciente.

Economizar energia é uma das maiores preocupações que temos atualmente, na nossa vida moderna e cheia de eletrodomésticos dominando praticamente todas as nossas tarefas do dia a dia.

Mais do que uma preocupação financeira, economizar energia também é a marca da casa sustentável, algo que, felizmente, é grande tendência para o futuro da arquitetura e do design de interiores.

Neste artigo, trazemos seis dicas para economizar energia e transformar o seu lar em um ambiente eco friendly. Preparado? Então continue a leitura para saber mais!

1 – Para economizar energia, use lâmpadas de LED

As lâmpadas de LED são uma das maiores aliadas para economizar energia. Elas são modernas, gastam menos e duram muito mais.

Primeiramente, vejamos o seu consumo: lâmpadas incandescentes, que produzem luz através do calor, consomem cerca de 60W por hora para iluminar um ambiente. As lâmpadas de LED, por sua vez, consomem apenas 4.5W por hora.

Incrível, não é? Mas não para por aí. Além de consumirem menos, a eficiência das lâmpadas de LED, calculada através da quantidade de lumens emitida dividida pelo seu consumo, é a melhor de todas as lâmpadas residenciais: lâmpadas incandescentes tem eficiência de 6 a 10 lumens/Watts, enquanto as LED possuem um índice de 60 lumens/Watts, empatando com as fluorescentes.

O problema é que as fluorescentes possuem químicos na sua composição, o que dificulta o descarte e aumenta a chance de contaminação quando o mesmo é feito em local inadequado. As lâmpadas LED, por sua vez, só precisam de eletricidade para funcionar.

2 – Desligue as luzes

Essa solução para economizar energia pode parecer óbvia, mas é crucial e muitas vezes ignoradas pelos moradores de casas e apartamentos.

Se você possui uma lâmpada incandescente consumindo 60W por hora ligada oito horas por dia, você está gastando 480W a cada vinte e quatro horas. E isso estamos contando apenas uma lâmpada: se forem mais duas ou três, o impacto é ainda maior.

Economizar energia começa por aí, apagando as luzes. A automação residencial já faz avanços nesse sentido, oferecendo sensores de movimento e luzes dimerizáveis para reduzir gastos e transformar sua casa em um ambiente altamente sustentável

3 – Selo Procel de Economia

Ao comprar eletrodomésticos e equipamentos elétricos, procure sempre o selo Procel para ter certeza que é possível economizar energia mesmo se utilizando de vários aparelhos ao mesmo tempo na sua residência.

Esse selo, utilizado inclusive como guia por empresas que oferecem soluções em automação residencial, é autoridade máxima no Brasil para ditar quais são os eletrodomésticos mais eficazes energeticamente, ou seja, que não usam mais do que o necessário para funcionar perfeitamente.

Com isso, economizar energia se torna uma realidade fácil de ser alcançada.

4 – Lave e passe suas roupas de uma só vez

Para economizar energia e não sacrificar suas rotinas na casa, o melhor a se fazer é lavar e passar suas roupas todas de uma vez, para que você não desperdice tempo e nem eletricidade.

Espere para lavar suas roupas quando elas atingirem a capacidade da máquina, que então irá operar no seu máximo e lavar tudo de uma vez só. Se você colocar menos roupas, a energia sendo gasta não está fazendo o trabalho completo, caracterizando desperdício.

O mesmo com o ferro de passar. Toda vez que ele é aquecido, uma quantidade de energia está sendo gasta. Quando você passa todas as suas roupas de uma só vez, não é necessário aquecê-lo mais do que uma única vez.

5 – Atente-se para as portas e as janelas ao ligar o ar condicionado

No Brasil, o clima tropical torna difícil a tarefa de economizar energia principalmente porque nós precisamos dos aparelhos de ar condicionado no verão para vencer o calor.

Mesmo gastando tanto, economizar energia com o ar condicionado é possível. Como dissemos no tópico anterior, tudo o que é gasto sem necessidade é um desperdício, e é exatamente isso o que ocorre se você deixa janelas e portas abertas ao ligar o ar condicionado: o ar frio circula pela casa e sai para o ambiente, sendo necessária mais energia elétrica para que ele resfrie o cômodo.

Já existem soluções da automação residencial que desligam o aparelho assim que a temperatura atinge um limite estipulado. Quando você une essa estratégia ao hábito de fechar as portas e as janelas, economizar energia é possível mesmo com o ar condicionado funcionando por grande parte do dia.

6 – Saiba lidar com a geladeira

A geladeira é um dos grandes consumidores de eletricidade na casa, mas com um planejamento a longo prazo e uma observação do clima é possível economizar energia sem nenhum transtorno.

Todas as geladeiras possuem um termostato ajustável, e ele existe justamente para que você possa alterá-lo nas épocas quentes e frias do ano. No verão, a geladeira precisa se resfriar mais, então um gasto maior com energia será necessário. Durante o inverno, porém, o termostato pode ser ajustado para o mínimo, garantindo um consumo otimizado.

Economizar energia também é possível com ações rotineiras, como a não instalação de forros nas prateleiras (eles fazem a geladeira trabalhar mais para resfriar-se), a troca periódica das borrachas e a checagem do seu motor.

Gostou desse post? Temos muito mais no nosso blog! Venha nos conhecer!

(imagens: divulgação)

Venha nos conhecer! Trabalhamos com soluções de qualidade, mão de obra especializada e suporte total para tudo o que você precisar. Não deixe também de conferir o nosso blog, onde trazemos informações tão interessantes quanto essas!


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: